Total de visualizações de página

quinta-feira, 11 de agosto de 2011


 Então não o ama mais? - Amo. Só guardei isso num cofre. E tranquei. E esqueci a senha. Não porque
 quis. Foi preciso.

Caio Fernando Abreu
Imagem Google



 

8 comentários:

Patricia disse...

Pois é,não dá pra mandar no coração da gente,então quando a dor aperta,a gente tranca ele bem trancadinho e joga a chave fora!rsrsrsrs
bjs
Patricia Petro

Cláudia disse...

Doídoooooooooo, mas necessário!
Um dia a gente pega de volta...melhor assim.
Bjoca

Dri disse...

Um amor trancado volta e ressurge quando menos se espera.
è melhor recordar a senha....rs

beijo

Tays Rocha disse...

Doído sim... e trancadinho lá no fundo, melhor assim ;o)

Beijocas ♥

Cláudia disse...

A senha está guardada no coraçao, vou contar só pra vocês...é AMOR/AMIZADE!
Bjo

* Dé * disse...

Concordei com a Dri, mesmo guardado, lacrado, enterrado, ele ressurge seeeempre. Contrariando todos os esforços e tentativas de esquecer a senha e perder a chave.

Amor é bicho brabo, que a gente não sabe viver sem!! Heheh!

Beijos Claudinha, bom final de semana!
Fique bem!

Cláudia disse...

É bicho brabo, mas é mto bom!
Bjo, Dé.

Casa Decorada disse...

Bom dia menina, vim retribuir a visita e o carinho lá no CASA. Já te sigo amiga, desde o momento que te ví lá no meu blog....aliás parabéns pelos blogs, são todos fofos demais...
Bj e um otimo fim de semana
Va